SIGA:
Busca:

Conheça alguns dos direitos dos nossos idosos

Muitos acham que os direitos dos idosos se restringem a fila preferencial, pegar ônibus de graça ou poder estacionar em local exclusivo em shoppings, supermercados, farmácias, etc. Mas o estatuto do idoso, que já completou dez anos, garante muitos outros direitos que precisam ser respeitados em um país que caminha a passos largos para ter uma população constituída, em sua maioria, por idosos.

Clicando aqui você tem acesso a todo o conteúdo do estatuto, mas aqui embaixo, listamos 4 direitos dos idosos que todos precisam conhecer:

1. Idosos não podem ser mau-tratados. Maus-tratos contra idosos não são apenas agressões físicas de fato. Deixar um velho sozinho a maior parte do tempo, não trocar a fralda geriátrica na frequência necessária ou não oferecer alimentação adequada também são exemplos de ações consideradas maus-tratos pelo Estatuto do Idoso. Qualquer tipo de denúncia pode ser registrada numa delegacia do idoso. Para casos extremos, recorra a um promotor de Justiça, no Ministério Público.

2. Idosos podem receber o Benefício de Prestação Continuada. Pessoas com 65 anos ou mais que nunca contribuíram para a previdência e fazem parte de uma família com renda per capita inferior a R$ 181 (um quarto do salário-mínimo) têm direito ao BPC, cujo valor é um salário mínimo por mês. Para solicitá-lo, basta ir a uma agência do INSS com comprovante de residência, certidão de nascimento, CPF, documento de identidade e carteira de trabalho do idoso e dos outros membros da família.

3. Maiores de 60 anos tem benefícios garantidos em lojas que fazem parte do programa Farmácia Popular, do Ministério. da Saúde. Alguns desses benefícios são descontos na compra de alguns remédios e retirada, de graça, de fraldas geriátricas e medicamentos para diabetes, hipertensão e asma.

4. A turma da terceira idade tem um bom motivo para participar de atividades culturais. Maiores de 60 anos pagam meia-entrada em cinemas, teatros, shows e eventos esportivos.

Nossos idosos já viveram muito, já contribuíram e muito com esse mundão. Seus direitos precisam ser respeitados. Fica a dica!

_________________________

Post copilado do blog: mdemulher.abril.com.br 

Comentários