SIGA:
Busca:

foto_destaque_post_carnaval

Quem acha que o Carnaval é contraindicado para os nossos “velhinhos” está redondamente enganado. As pessoas que se sentirem em condições, mesmo idosas, devem fazer o que têm vontade. Isso não significa que não devam ser tomados alguns cuidados:

1. Evite as aglomerações. Seu idoso quer sair no bloquinho? Saia, mas faça com que ele fique mais na periferia dos blocos.  O equilíbrio e a força muscular de uma pessoa idosa é menor e existe o risco de queda.

2. Evite ficar horas seguidas em pé. Pessoas idosas estão sujeitas a baixas de pressão arterial e isso pode levar a tonteira e até mesmo a queda. De tempos em tempos, seu idoso deve procurar se sentar para descansar, recuperar as energias. Para alguns, o uso de meias elásticas é aconselhável.

3. Hidratação constante. Isso vale para todas as idades. No caso dos idosos, esse cuidado deve ser mais rigoroso, pois eles estão muito mais sensíveis à hidratação. O fato de seu idoso não ingerir líquidos pode afetar os rins e o aparelho cardiovascular.

4. Bebidas alcoólicas devem ser evitadas. A pessoa idosa tem uma tolerância menor à álcool em relação à pessoa mais jovem.  Isso pode fazer com que o seu idoso tenha tonteiras, náuseas e vômito, piorando a desidratação.

5. A alimentação dos idosos deve ser leve, à base de carboidratos. A sugestão são biscoitos e frutas, pois o idoso é mais sensível à hipoglicemia – a queda acentuada de açúcar no sangue.

6. Evite o sol. Essa dica é essencial: médicos indicam o uso de filtros solares, principalmente no rosto e nos braços.

Com todos estes cuidados, caia na folia e leve seu idoso. Ele vai adorar!

Comentários