SIGA:
Busca:

Envelhecimento Saudável

O crescimento da população de idosos é um fenômeno mundial. Segundo projeções estatísticas, em 2050, a população idosa será de 1,9 bilhões de pessoas, ou seja, um quinto da população mundial. É consenso a importância e o desejo de se ter uma velhice onde estejam preservadas fatores importantes como cognição, autonomia e independência. Para tanto é importante que se adote hábitos de vida saudáveis desde a infância, pois a terceira idade é o reflexo da vida que levamos neste percurso, como prática de atividade física e alimentação equilibrada. Segundo estudos quanto mais ativos as pessoas se mantêm no decorrer de sua vida, melhor elas envelhecem.

Muitas vezes, na fase da juventude, negligencia-se a qualidade dos alimentos que será consumida sem refletir nas consequências futuras. Excesso de gordura, carboidratos, sal, alimentos industrializados e álcool, além de vícios como o fumo, em conjunto com o sedentarismo — muitas vezes justificado pela falta de tempo — colaboram para o aparecimento de patologias degenerativas.

Uma alimentação saudável implica em suprir o organismo com todos os nutrientes de que ele necessita para o seu bom funcionamento e para a conservação de um peso estável, fatores importantes na prevenção de várias doenças.

Sobre alimentação saudável e equilibrada vale ressaltar a importância de se seguir algumas “regrinhas” que serão listadas abaixo, não importa em qual fase da vida.

  1. Alimente-se de 3 em 3 horas: comer pequenas quantidades várias vezes ao dia evitando o jejum e má escolha alimentar que geralmente esta associada a ele;
  2. Evite o abuso de carnes vermelhas: o excesso de gordura saturada colabora para o aparecimento de placas de gordura nas artérias;
  3. Procure consumir peixes pelo menos uma vez por semana: eles são ricos em ômega 3 importante nutriente para preservação da memória entre outras funções;
  4. Prefira azeite extra virgem para temperar os alimentos: ele é rico em gorduras monoinsaturadas, que ajudam na prevenção de taxas elevadas de colesterol;
  5. Tome muita água — no mínimo dois litros por dia — para se manter hidratado e ajudar a manter o equilíbrio das reações metabólicas;
  6. Consuma diariamente alimentos que são fonte de cálcio, como o leite e seus derivados, para evitar a osteoporose;
  7. Evite o excesso do sal, principal causador da pressão alta;
  8. Consuma diariamente pelo menos três porções de vegetais e três a quatro porções de frutas: esses alimentos são as principais fontes de vitaminas e minerais de nossa dieta;
  9. Inclua muita fibra em sua alimentação consumindo pães e biscoitos integrais e grãos, pois ajuda a diminuir taxas elevadas de colesterol, além de colaborar para o bom funcionamento intestinal.

A alimentação é um importante aliado da população e deve ser encarada de uma forma séria a fim de evitar futuros prejuízos a saúde.

Comentários